PIM evita erros associados à administração dos medicamentos.
You are here: Home \ PIM evita erros associados à administração dos medicamentos.
Reduza o valor dos impostos, invista na sua Farmácia.
Notícias

Reduza o valor dos impostos, invista na sua Farmácia.

Todos os anos as empresas devem entregar a declaração do IRC, já que é neste acerto anual de contas que ficam a saber se têm algum imposto a pagar ou não. Para poupar no IRC relativo aos lucros apurados, pode recorrer à Dedução dos Lucros Retidos e Reinvestidos (DLRR).
Read More
Mas o que exatamente é uma trombose? Por que é perigoso e como pode ser tratado?
Juzo Notícias

Mas o que exatamente é uma trombose? Por que é perigoso e como pode ser tratado?

Mas o que exatamente é uma trombose? Por que é perigoso e como pode ser tratado? Saiba mais ⤵ Trombose A trombose surge como resultado de um distúrbio da coagulação do sangue. Quando o sangue coagula subitamente no sistema vascular, pode formar-se um coágulo sanguíneo (trombo) na parede do vaso. Este tipo de coágulo sanguíneo geralmente forma-se nas veias - em particular nas veias profundas das pernas. Os coágulos contraem os vasos ou podem até bloqueá-los completamente. O sangue deixa de fluir de maneira ideal pelas veias até o coração, este acontecimento é chamado de trombose venosa profunda. Os sintomas podem variar amplamente e não precisam ocorrer todos juntos. É por isso que uma trombose venosa profunda nem sempre é fácil de reconhecer. Atenção aos seguintes sinais de alerta nas pernas: - Inchaço - Dor ao esforço, em particular ao caminhar, ficar em pé ou sentado - Descoloração ou brilho da pele (avermelhada ou azulada) - Sensação de aperto - Sensação de calor no membro afetado - Aparecimento repentino de veias na superfície (por exemplo, uma "veia de aviso" sobre a tíbia) Quando se forma um coágulo de sangue nas veias superficiais, geralmente é acompanhado por inflamação. Sintomas de uma trombose venosa superficial são o endurecimento, vermelhidão e dor da área afetada. Aconselhamos que caso identificação de sintomas acima descrito que possam suspeitar da presença de uma trombose, consulte o Seu Farmacêutico ou Médico imediatamente!
Read More
WALKER, a alternativa ao gesso
Notícias

WALKER, a alternativa ao gesso

No caso de entorse grave ou rutura no tornozelo, o tratamento prescrito pode ser conservador ou cirúrgico. Nos tratamentos conservadores,...
Read More
Saúde Postural na Gravidez
Notícias

Saúde Postural na Gravidez

Saúde Postural na Gravidez Durante a gravidez o bebé cresce e é normal que o peso e o voluma da...
Read More
Má Circulação na Gravidez
Juzo

Má Circulação na Gravidez

Pernas inchadas? A Gravidez: o corpo em mudança Até ao nascimento da criança, a quantidade de sangue da mãe aumenta...
Read More
1 2 3 4

 

A FARMA+ é líder na Preparação Individualizada de Medicação (PIM), trabalhamos diariamente com o objetivo de oferecer um serviço profissional vinculado ao medicamento.

A PIM tem como propósito o reacondicionamento tipo blister onde o Farmacêutico organiza os comprimidos e/ou cápsulas por toma para determinado paciente, de forma a indicar o dia e a hora em que devem ser administrados de acordo com o esquema posológico prescrito, fornecendo as informações necessárias para fazê-lo corretamente. Adicionalmente permite identificar a medicação fora do blister (por exemplo: inaladores, sistemas transdérmicos…).

Existem vários formatos de PIM permitindo a adaptar os blisters as necessidades de cada paciente, assegurando o reacondicionamento dos medicamentos, selando-os hermeticamenteficando protegidos e devidamente conservados, mantendo a estabilidade dos fármacos sem necessidade de higienização.

O sistema PIM garante uma melhoria substancial na saúde dos pacientes, dado que, quando a Farmácia assume a gestão da medicação, evitam-se muitos erros associados à administração dos medicamentos. Assim, os medicamentos passam a ser administrados na dosagem certa e sem esquecimentos, proporcionando mais segurança aos pacientes e tranquilidade aos cuidadores.

Preparar de forma individualizada a medicação dos utentes é a melhor forma de validar o importante papel do Farmacêutico na sociedade.

Os Farmacêuticos da sua Farmácia preparam semanalmente a medicação permitindo um acompanhamento farmacoterapêutico, este acompanhamento contínuo é fundamental pois promove uma relação de proximidade que permite evitar duplicações ou falhas (caso haja medicamentos receitados por médicos diferentes ou o mesmo medicamento de laboratórios diferente), identificar falta de adesão à terapêutica e detetar problemas associados à interação entre fármacos.

Como referido em notícias recentesO INEM recebeu, em 2020, 2582 pedidos de ajuda por enganos na toma de fármacos” e dá conta queA preparação individualizada da medicação está disponível em quase 300 farmácias e evita o agravamento da doença a idosos polimedicados ou doentes crónicos, e custos acrescidos ao Serviço Nacional de Saúde..”

Duarte Santos da ANF destaca “o cenário de doentes idosos que tomam cinco ou mais medicamentos por dia, em horários distintos, e que se enganam, devido a cansaço ou a confusão mental, não é raro, pelo que a necessidade da preparação individualizada da medicação é extraordinária”.

Segundo os dados apurados pelo Centro de Informação Antivenenos do INEM, “no primeiro trimestre deste ano já recebeu quase meio milhar de chamadas devido a erros terapêuticos com adultos, ou seja, pessoas que se enganaram na toma dos medicamentos”.

“Os erros mais frequentes passam por se enganarem na hora a que tomam os medicamentos ou a frequência – era para ser de 8 em 8 horas e tomam passado 4 horas. Também é normal tomarem um medicamento e depois outro para o mesmo fim, mas genérico, porque a caixa ou comprimido são diferentes”, indica Fátima Rato, médica responsável pelo Centro de Informação Antivenenos, esclarecendo que a maioria das situações é “causadora de grande ansiedade”.

Para o Serviço Nacional de Saúde, o PIM trás imensas vantagens, diz Duarte Santos: “Os medicamentos são comparticipados e a não adesão à terapêutica traz encargos extraordinários”. Por um lado, medicamentos que foram adquiridos não são tomados. Por outro, “a não adesão à terapêutica faz com que haja maior risco de descontrolo da patologia, o que leva a custos associados com internamentos e/ou agravamentos de doença com outras consequências ou até morte”.

A expectativa de Duarte Santos “é de que o serviço seja alargado a mais farmácias nos próximos anos, até porque a população está a envelhecer. Para isso, é fundamental o acompanhamento que os profissionais de saúde e os serviços sociais podem fazer para identificar pessoas que necessitam desta ajuda”.

A FARMA+ é o parceiro de confiança para a implementação do Serviço Farmacêutico de Excelência nas Farmácias Portuguesas, promovendo qualidade de vida aos pacientes polimedicados.

Idiomas »
WordPress Themes